sexta-feira, novembro 03, 2006

salto umas investidas.

B.Berenika

na realidade ninguém me tinha ensinado a resistir a fortes tentações. o padre, como pai fora um falhanço. portanto se a fruta se me oferece, estendo a mão a pegá-la. ponto aqui.
passa aí a cerveja. já estou ressequido de falar e vocês vão-me fazer pagar a minha parte.

entretanto, além de cortar o matagal da estufa aprendia-se pouco por ali.


nicole cherubini

excepto a manipular e guardar objectos para lá de inúteis mas bonitos, não me recordo de nada que valha ser lembrado. isto até ao dia em que a mulher vestida de preto, a Eva, (raio de nome!) me deixou um bilhete por baixo da porta a marcar dia e hora no jardim. esperei uma daquelas noites de fundir até ferro.

nada disso. o encontro era no meio da mata. junto ao altar velho na entrada de uma gruta de não sei lá que século. coisa abandonada há muito tempo. antes mesmo de as donas serem elas.

at Opacity

já por lá tínhamos andado em boas fainas. daí não ter estranhado. com imolações daquelas já eu podia bem. pior foi a conversa que seguiu.

- tu hoje, haja o que houver, não fazes nada. assistes porque eu gosto de te saber aqui. mas nem tentes ser visto.

- mas se somos só dois...

- isso é agora. vai para a gruta e fecha a alma a cadeado. a alma e sobretudo a boca. sais só quando eu disser.

e daí em diante só vi chegar mulheres. de preto. todas. eu gosto de mulheres. pois mesmo assim havia pelo ar algo que me assustava. a mim! pode isto ser?


Comments:
o que vão fazer? magia de amor?

ehehehhe

aguardo saber!
 
saltimbanco

me dizes como alguém aprende a resistir às "fortes tentações"?
as do desejo de amar, é claro.

boas imagens.

um abraço

della-porther
 
São saídas encontradas, ou sonhadas para a alma, com certeza, a precisão com que o poeta fala, desprentesioamente do impossível ou do possível.

Um abraço enorme, meu irmão.

Naeno
 
saltimbanco

passei pra lhe deixar um abraço.
muito interessante essas experiências...
fica o canvite. mas lembre-se tenha atenção quando for lêr.
são 04 post num só.

abração
desire
 
Avisadas andavam as mulheres de preto!
Tenho medo do futuro...
 
Nem a Fernão Mendes, o pinto, coube tais trabalhos, mas paciência que um trabalhador tem que aguentar sem fazer má cara.

Um abraço. Não desejo força porque essa não falta.
 
assalta banques!

não te bastam os bancos assaltados ,agora deu.te para andares metido no meio das bruxas?

va de retro ,satanás!

____________________

à parte .muito bom ritmo .excelente narrativa

____________________


um beijo ( vestido de encarnado )
 
saltimbanco

passei para deixar-lhe um bom domingo...

eu volto

um abraço
della-porther
 
adoro as tuas historias...
beijos
 
"antivirus" - recomenda-se!

apaixonou.se na net
juraram fidelidade na net
tiveram relações na net
como não se protegeu devidamente ,o computador contraiu uma terrível infecção

( quem te avisa ,assalta banques ,teu amigo é )

vou.me à minha ronda das tendinha
 
no ar se "sente" algo
...

:)
 
Confirma! Assim é que é.
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?